Doenças da videira causadas por bactérias: como controlar e evitar?

Cancro bacteriano e galhas da coroa são duas doenças da videira provocadas por bactérias que podem ser combatidas. Clique para saber mais!

Mesmo sendo menos relevantes como causadoras de doenças da videira do que fungos e nematoides, as bactérias são capazes de afetar gravemente uma área cultivada.

Neste texto, detalhamos as características de duas bactérias já relatadas em território nacional e apresentamos soluções para controlar e evitar as doenças da videira causadas por elas, como a análise genética de solo. Confira:

Cancro bacteriano

Identificada inicialmente no Vale do São Francisco em 1998, a principal bactéria patogênica da videira é Xanthomonas campestris pv. vitícola. Responsável pelo cancro bacteriano, este micróbio pode causar pequenas necroses no limbo foliar e lesões maiores nas folhas, inclusive com possibilidade de halo amarelado.

No entanto, seu principal sintoma é a formação de cancros nos pecíolos, o que costuma ocorrer principalmente em épocas quentes e úmidas. Quando isso acontece, a produtividade da lavoura cai e as videiras correm maior risco de perder qualidade, principalmente se os sintomas avançarem para as bagas.

Para evitar a doença, busque sempre mudas sadias e cuide para que a introdução de restos vegetais no solo como fonte de matéria orgânica não contamine a videira. Caso a doença seja detectada, pode os ramos com sintomas ou elimine as plantas infectadas, de preferência nos períodos de seca (menos favoráveis a doença).

Galhas da coroa

A segunda doença bacteriana da videira, também já observada no Brasil, é conhecida como “galha da coroa”. O micro-organismo responsável por ela é a bactéria Agrobacterium vitis e a contaminação se dá por cortes durante as ações de manejo.

Por conta disso, seu principal sintoma é a formação de regiões de grande desorganização dos tecidos vegetais, as chamadas “galhas”, que surgem na base do tronco e em partes mais altas da planta, inclusive nas porções aéreas.

Como a introdução da bactéria se dá por mudas e materiais contaminados, os cuidados para o controle da doença são similares aos do cancro bacteriano. No entanto, além das medidas já descritas, outra dica é empregar a rotação de culturas nas áreas afetadas antes de cultivar novamente a videira.

A análise genética no manejo de doenças da videira

Uma boa maneira de evitar doenças da videira e outros ataques de bactérias é analisar o potencial natural do solo em suprimir doenças bacterianas. Isso pode ser feito com auxílio do Fullbio, produto da Biome4All especializado na análise da microbiota do solo.

Além disso, também é possível diagnosticar as espécies patogênicas de bactérias em determinada área, mapeando o risco das doenças que elas provocam. Neste caso, a Biome4All oferece o produto Biodetec, que ajuda a detectar e quantificar estas bactérias em qualquer amostra de solo. Para saber mais sobre estes produtos, entre em contato conosco!

Texto: Marcus Adonai Castro da Silva, microbiologista e cofundador da Biome4All

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Conheça as formas de ação do Trichoderma na agricultura e como ele pode desencadear benefícios secundários no microbioma do solo.

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Muitos produtos biológicos geram resultados notáveis, mas a explicação do porquê permanece um desafio. O FB tratamento vem para mudar isso!

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

A microbiologia do solo, um vasto universo de microrganismos, desempenha um papel fundamental na produtividade agrícola.

Como podemos te ajudar?