Como a cultivar influencia o microbioma do solo

cultivares influencia a microbiota

Entre os muitos fatores que determinam a estrutura e a atividade dos micro-organismos do solo, eu abordei em outro texto três aqueles considerados os principais: a cobertura vegetal, a matéria orgânica e o pH. Todo produtor agrícola já possui alguma noção de que os micro-organismos respondem de maneira diferenciada à cobertura vegetal e a alguns destes fatores.

O que o produtor talvez não saiba é que a influência da cobertura vegetal não se limita a situações em que comparamos espécies diferentes de plantas. Ela também é observada em solos com diferentes cultivares da mesma espécie.

Confira abaixo:

Cultivares de batata resistentes a doenças microbianas

Um aspecto bem conhecido que ilustra essa relação é o fato de algumas cultivares serem resistentes a certas doenças microbianas. De acordo com pesquisadores da ESALQ, as cultivares Mondial e Jaete Bintje de batata são mais resistentes à sarna comum, causada por Streptomyces scabies – a severidade da doença foi menor nestas cultivares em comparação com as outras testadas.

As diferenças de resistência entre cultivares de uma mesma espécie estão associadas com diferentes capacidades de expressar mecanismos de defesa sistêmica e com a produção de ácidos graxos voláteis e fitohormônios. Com a ativação desses mecanismos, os patógenos ficam inibidos, o que contribui para alterar a estrutura de uma comunidade microbiana. Dessa forma, nesse exemplo podemos ver como diferentes cultivares interagem de maneira distinta com micro-organismos específicos.

A influência do tipo de uva sobre o seu microbioma

A influência na cultivar não se limita à sua capacidade de resistir a micro-organismos patogênicos. A cultivar de uma espécie vegetal pode influenciar a composição da microbiota presente no solo e associada a ela. Um dos vegetais mais estudados nesse sentido é a videira. Na viticultura, há muito interesse em entender os diferentes fatores que provocam variações na qualidade da uva e nos seus micro-organismos associados, que vão se refletir na qualidade sensorial do vinho. Essas fontes de variações resultam no estabelecimento de vinhos com características específicas para determinadas regiões, um conceito conhecido pelo nome de terroir.

No caso da uva, observa-se que os vários tipos de cultivares compartilham a maior parte da microbiota. Porém, há certos grupos de micro-organismos que se associam de maneira específica com determinados tipos de uvas. Esta associação foi, inclusive, proposta como uma ferramenta para predizer a origem da uva. Considerando-se essa aplicação deste conhecimento, ferramentas que analisam o microbioma do solo, como a Agri-Analysis da Biome4all, possuem grandes aplicações na indústria associada à produção de uva e vinho.

Cultivares do trigo selecionam organismos que tornam o solo mais supressivo

As diferentes cultivares de trigo ilustram outro aspecto interessante relacionado com a sua influência sobre a microbiota do solo. Esta influência ocorre para a seleção de grupos microbianos que possuem atributos funcionais e favorecem o crescimento da própria planta.

O cultivo de algumas cultivares resultou na seleção de micro-organismos específicos, levando a uma estrutura de comunidade microbiana do solo que o tornou mais supressivo contra os fungos do gênero Rhizoctonia, causador da podridão radicular. Isto ilustra a importância da escolha de uma cultivar. Também ilustra a importância de conhecermos os seus efeitos sobre a biologia do solo, de maneira a favorecer o seu potencial natural de biocontrole.

Como uma cultivar modula o seu microbioma?

O modo pelo qual a influência da cultivar se manifesta nos micro-organismos da rizosfera está relacionado com a liberação de moléculas no solo pelo sistema de raízes. Dependendo da composição das moléculas liberadas, certos organismos serão inibidos e outros serão estimulados. Isso leva a uma modificação da comunidade de micro-organismos do solo.

Além deste efeito direto sobre os micro-organismos, as plantas também podem agir de maneira indireta, em função de interações que ocorrem entre os próprios organismos que elas selecionam e outros organismos do solo. A rizosfera estimula muitas bactérias do gênero Pseudomonas que atuam inibindo outros organismos presentes. Este conjunto de influências resultam em uma comunidade microbiana que é peculiar á cultivar presente no solo.

Dr. Marcus Adonai Castro da Silva – cofundador da Biome4all.