Potencializando o Crescimento Vegetal: O Papel dos Micro-organismos no Crescimento das Plantas

Venha relembrar os segredos para um crescimento e desenvolvimento das plantas!

Neste blog, vamos explorar diversos personagens, como os compostos voláteis, as auxinas e as citocininas, que trabalham em conjunto com os micro-organismos do solo.

Impulsionando o desenvolvimento das plantas, através dessa simbiose essencial!

Introdução

As plantas são seres incríveis, capazes de responder a estímulos ambientais de maneira surpreendente.

No âmbito da microbiologia agrícola, alguns compostos desempenham papéis cruciais no crescimento e desenvolvimento vegetal.

Vamos relembrar diversos desses compostos, mostrando sua importância para as plantas e sua relação com os micro-organismos do solo.

Veja o esquema:

Figura 1. Esquema mostra algumas substâncias envolvidas diretamente com o crescimento e desenvolvimento das plantas.

Compostos Voláteis: A Comunicação Aromática das Plantas

Os compostos voláteis são substâncias químicas produzidas pelas plantas e micro-organismos presentes no solo que são liberadas no ar.

Eles desempenham um papel fundamental na comunicação entre as plantas, atraindo polinizadores, afastando predadores e transmitindo informações sobre condições ambientais.

Os compostos voláteis são verdadeiros mensageiros aromáticos das plantas!

Por meio dos compostos voláteis, como terpenos, amidas, aminas, aldeídos e cetonas, por exemplo, as plantas são capazes de atrair polinizadores, como abelhas e borboletas, que desempenham um papel fundamental na reprodução e na formação de frutos.

Além disso, alguns desses compostos também podem afastar predadores indesejados, como insetos herbívoros.

É interessante destacar que os micro-organismos presentes no solo também desempenham um papel importante na produção de compostos voláteis que interagem com as plantas.

Algumas bactérias do gênero Bacillus, como a B. subtilis ou B. amyloliquefaciens  são capazes de produzir compostos voláteis, liberando-os no solo.

Ao entrar em contato com as raízes, os compostos voláteis ativam uma série de vias de sinalização dentro das células da planta, incluindo a produção de hormônios vegetais que, por sua vez, estimulam o crescimento das raízes.

Essa interação entre as plantas e os micro-organismos do solo por meio dos compostos voláteis cria uma rede de comunicação complexa e fascinante, influenciando o crescimento, desenvolvimento e a sobrevivência das plantas em seu ambiente.

Auxinas: Os Reguladores do Crescimento Vegetal

Já as auxinas são hormônios vegetais responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento das plantas, elas regulam processos como formação de raízes e desenvolvimento de folhas e frutos.

Além disso, elas também desempenham uma série de funções vitais, sendo:

  • O alongamento celular;
  • A divisão celular;
  • Promover o processo de abscisão;

Também é importante dizer que existem diferentes tipos de auxinas, a mais comum e bem estudada é o ácido indolacético (AIA), considerado o principal hormônio auxínico.

Porém há alguns outros, de nomes um tanto complicados, como: o ácido indolbutírico (AIB), ácido indolpropiónico (AIP) e ácido 4-cloroindolacético (4-Cl-AIA).

Felizmente, micro-organismos podem produzir auxinas ou estimular sua produção pelas plantas, promovendo todos esses benefícios.

Algumas bactérias e fungos benéficos presentes no solo podem sintetizar e liberar auxinas, que acabam interagindo com as plantas de várias maneiras.

Por exemplo, as bactérias do gênero Pseudomonas, como a P. veronii e P. fluorescens, são ótimas fornecedoras do já citado AIA.

Em relação aos fungos, o Trichoderma harzianum é um ótimo exemplo de micro-organismo capaz de sintetizar e disponibilizar auxinas para as plantas.

Citocininas: Os Promotores da Diferenciação Celular

As citocininas são outro grupo de hormônios vegetais que também desempenham um papel crucial no crescimento e desenvolvimento das plantas.

Elas estimulam a divisão celular, promovendo a formação de tecidos, brotação e florescimento.

Veja alguns exemplos de citocininas:

  • Zeatina
  • Cinetina
  • Isopentenil Adenina

Alguns micro-organismos do solo podem produzir citocininas ou estimular sua produção pelas plantas, estimulando o crescimento e a diferenciação celular.

Diversas bactérias e fungos, têm a capacidade de influenciar a disponibilidade e a atividade de fitohormônios no ambiente das plantas.

Eles são como parceiros das plantas, auxiliando-as na obtenção de nutrientes e no enfrentamento de estresses ambientais.

Principalmente a classe das Rizobactérias Promotoras do Crescimento de Plantas (RPCPs).

Aqui se destaca um gênero já muito conhecido, o Bacillus!

A B.aryabhattai tem uma visível a sua parcela de colaboração quando o assunto é a disponibilização de citocininas para plantas, no caso, a Trans-zeatina.

Garantindo que as citocininas estejam sempre presentes nos momentos em que a planta mais precisar.

Promoção do Crescimento

A promoção do crescimento das plantas envolve uma cadeia de interações complexas entre compostos voláteis, as auxinas e as citocininas.

Como vimos ao longo deste blog, cada um desses elementos desempenha funções importantes de forma sobreposta, influenciando o desenvolvimento das plantas.

Porém, a verdadeira chave para impulsionar o crescimento está na sinergia entre essas substâncias!

Um solo de boa qualidade fornece o ambiente ideal para que os micro-organismos auxiliem na disponibilização de compostos voláteis, auxinas e citocininas de forma equilibrada.

Essa interação benéfica resulta em uma suplementação adequada das três substâncias, atendendo às necessidades da planta em todas as fases de crescimento.

Seria como ter um suplemento completo e balanceado para a planta sempre disponível, fornecendo os nutrientes essenciais para o seu desenvolvimento.

Ao garantir um suplemento adequado dessas substâncias, estamos proporcionando às plantas os meios necessários para que elas atinjam seu potencial máximo de crescimento e desenvolvimento.

Com os compostos voláteis auxiliando na comunicação entre as plantas e no estímulo de respostas adaptativas, as auxinas desempenhando um papel fundamental no crescimento e enraizamento, e as citocininas promovendo a diferenciação celular e a formação de brotos.

Conclusão

Portanto, a promoção do crescimento das plantas envolve a harmonia entre compostos voláteis, auxinas e citocininas, em um solo saudável e com suplementação adequada dessas substâncias.

E compreendendo melhor a microbiota, podemos explorar seu potencial para melhorar a produtividade das plantas, fortalecer sua resistência a estressores e promover um manejo adequado.

E a análise metagenômica do solo é a sua aliada!

Pensando nisso, a Biome4all possui o melhor serviço para identificar e traçar estratégias personalizadas para obter o máximo de conhecimento em relação à microbiota do solo, o FULLBIO.

Seja envolvendo os compostos voláteis ou com as várias outras substâncias importantes para a saúde do seu solo e da sua lavoura.

Para saber mais sobre como a nossa tecnologia pode ajudar na sua tomada de decisão, entre em contato com a nossa equipe!

Autoria: Marcos Cabral, Estácio Odisi da BIOME4ALL.