Maximizando os Resultados: Benefícios das Coletas de Solo ao Longo do Ciclo Produtivo

VEja neste blog quais são os principais usos da análise genética da microbiologia do solo em cada momento de coleta do ciclo produtivo agrícola do sistema soja/milho.

A microbiota do solo é uma grande aliada na busca pela sustentabilidade do solo e no aumento da produtividade na lavoura.

Em cada fase do ciclo de cultivo, a coleta de solo pode oferecer insights valiosos, permitindo ajustes no manejo e impulsionando os resultados.

No blog de hoje, vamos explorar os benefícios dessa prática ao longo de diversas fases do ciclo de produção.

Introdução

Normalmente, feita de maneira anual antes do plantio, a coleta de solo pode também ser feita em diferentes fases do ciclo produtivo, não se limitando a esse momento em específico.

Ela surge como uma prática estratégica, capaz de revelar dados importantes sobre a microbiologia do solo baseado em cada cultivo e em qual parte do ciclo se encontrava no momento da coleta.

Destacamos então, a importância de se obter dados confiáveis do seu solo e é aqui que o FB PRODUTIVIDADE entra em cena!

Combinando resultados detalhados acerca da microbiologia do solo com a inteligência da Biome4all, produtores e agrônomos podem tomar decisões muito mais assertivas, colhendo os benefícios de uma produção sustentável e eficaz.

A coleta para o FB PRODUTIVIDADE é realizada anualmente, e pode ser realizada a qualquer momento durante o ciclo produtivo. Separamos neste blog, quais os maiores benefícios que o período de coleta podem proporcionar.

Plantio ao Florescimento da Soja: Preparando o Terreno

A coleta nessa fase fornece um diagnóstico inicial do potencial microbiológico do solo, possibilitando ajustes no manejo do sistema de cultivo.

Além disso, os resultados obtidos podem orientar a aplicação de produtos biológicos, tanto em sulco quanto na parte aérea da soja, tanto beneficiando, tanto beneficiando a produção de soja, como  preparando para a próxima safra.

Florescimento da Soja: Foco na Produtividade

Durante o florescimento, a coleta de solo permite obter um novo diagnóstico acerca da microbiota e, se necessário, realizar ajustes no manejo ainda na safra de soja.

Seja com a aplicação de produtos biológicos ou com acertos na adubação da soja, de modo que promova um desenvolvimento mais promissor e já preparando o solo para a próxima safra.

Após o Florescimento até a Colheita da Soja: Monitoramento Cuidadoso

Nessa fase crítica, a coleta de solo continua fornecendo diagnósticos microbiológicos importantes, especialmente em áreas com alto risco de coleta com raízes.

Os resultados ainda podem evidenciar uma possível necessidade de aplicação de produtos biológicos na soja, visando a preparação do solo para as safras seguintes.

Pós-Colheita da Soja/Pré-Plantio do Milho: Transição Consciente

A realização da coleta de solo após a colheita da soja direciona os ajustes a serem realizados no manejo ao longo de todo o ciclo e até antes dele, com base na microbiota do solo, beneficiando assim, uma correta transição para o milho.

Os resultados do FB PRODUTIVIDADE podem evidenciar possíveis lacunas que podem acabar reduzindo a produtividade final desejada, e assim, guiar o produtor na aplicação de produtos biológicos durante o cultivo do milho.

Plantio ao Florescimento do Milho: Início Promissor

Na fase de plantio ao florescimento do milho, a coleta de solo, assim como na época da soja, fornece um diagnóstico microbiológico precioso.

Ela permite ajustar o manejo e orientar uma posterior aplicação de produtos biológicos na parte aérea do milho para elevar a produtividade de forma mais assertiva.

Florescimento até a Colheita do Milho: Maximizando a Produção

Nas fases durante o florescimento até a colheita do milho, a coleta de solo tem seu foco no diagnóstico da microbiota relacionada diretamente com a produtividade do milho, especialmente em áreas com alto risco de coleta com raízes.

Os resultados obtidos com o FB PRODUTIVIDADE permitem orientar o produtor acerca da necessidade da aplicação de produtos biológicos já visando à preparação para a próxima safra, mantendo assim uma microbiota ativa.

Após a Colheita do Milho – 30 Dias Após: Pousio ou Plantas de Cobertura

A coleta de solo após a colheita do milho, especialmente em períodos de pousio, oferece uma abordagem abrangente para otimizar a saúde do solo e impulsionar colheitas futuras.

Por meio do diagnóstico microbiológico, são identificadas oportunidades de aprimoramento no sistema de cultivo, promovendo ajustes globais no manejo.

Essa fase estratégica permite refinamentos precisos na adubação da próxima safra de milho.

Além disso, a aplicação estratégica de produtos biológicos, seja em sulco para a soja ou na parte aérea, orientada a partir de um panorama acerca da microbiologia do solo, contribui para fortalecer a microbiota daquele local, estabelecendo as bases para um ciclo agrícola mais sustentável e produtivo.

Com o suporte do FB PRODUTIVIDADE, essas práticas tornam-se ainda mais eficazes, transformando desafios em oportunidades para agricultores comprometidos com o sucesso sustentável.

30 Dias Após a Colheita do Milho – Plantio da Soja: Continuidade Sustentável

No intervalo de 30 dias após a colheita do milho até novamente o plantio da soja, a coleta de solo busca confirmar o panorama da microbiota que já havia sido observado e orientar acerca de ajustes no manejo e práticas complementares que ainda podem ser feitas na safra da soja.

Seja com uma nova aplicação de produtos biológicos ou outras técnicas de adubação e manejo da área, conforme os resultados do FB PRODUTIVIDADE.

Conclusão

Como ficou claro, a coleta de solo em momentos estratégicos do ciclo de cultivo revela-se uma ferramenta vital para os produtores.

Principais usos da análise em cada momento de coleta

Integrando dados microbiológicos com o uso consciente dos resultados, os produtores podem tomar decisões mais assertivas, adaptando suas práticas de manejo para colher os frutos de uma produção mais eficiente.

Pensando nisso, a Biome4all oferece o serviço mais completo para identificar e traçar estratégias personalizadas com base na microbiota do seu solo, o FB Produtividade.

Com ele é possível avaliar esse potencial, tudo baseado na microbiota do seu solo e com o auxílio da metagenômica!

Para saber mais sobre como a nossa tecnologia pode ajudar na sua tomada de decisão, entre em contato com a nossa equipe!

Autoria: Marcos Cabral e Estácio Odisi da BIOME4ALL.

A Importância da Microbiologia na Recuperação de Solos Degradados

A Importância da Microbiologia na Recuperação de Solos Degradados

 Introdução A degradação do solo é um dos principais desafios enfrentados pela agricultura moderna. Este fenômeno não apenas reduz a produtividade das culturas, mas também afeta a saúde geral dos …

Técnicas de Análise do Solo: Metagenômica e PCR em Foco

Técnicas de Análise do Solo: Metagenômica e PCR em Foco

A evolução das técnicas de análise microbiológica tem proporcionado avanços significativos na agricultura de solo. Entre essas técnicas, destacam-se a metagenômica e a PCR (do inglês: Polymerase Chain Reaction – …

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Conheça as formas de ação do Trichoderma na agricultura e como ele pode desencadear benefícios secundários no microbioma do solo.

Como podemos te ajudar?