Murcha de Fusarium no café: como prevenir?

Entenda como a microbiologia do solo pode ajudar o produtor rural a combater a murcha de Fusarium no café Conilon

Recentemente, produtores de café Conilon (Coffea canephora) tem se deparado com uma doença preocupante, conhecida como “murcha de Fusarium”. Entre os causadores da doença, cujos sintomas incluem amarelecimento das folhas, murcha e morte de plantas, estão algumas espécies do gênero Fusarium spp. (F. decemcellulare, F. lateritium e F. solani).

Porém, devido ao recente relato da doença no Brasil (Began, 2018), poucas informações estão disponíveis sobre o seu comportamento. Não se sabe, por exemplo, como ocorre a disseminação do patógeno, quais cultivares são resistentes nem as condições favoráveis ao desenvolvimento das espécies, entre outras incógnitas.

Por outro lado, sabe-se que a doença pode danificar 100% das plantas, o que reforça a necessidade de adotar boas práticas de manejo para doenças causadas por patógenos que habitam o solo, como o Fusarium sp. Entre as práticas recomendadas estão:

  • Evitar ferimentos nas plantas;
  • Roguing (retirada e queima de plantas sintomáticas);
  • Rotação de culturas;
  • Boa drenagem do solo;
  • Evitar o trânsito de máquinas, implementos e ferramentas de um talhão contaminado para outro;
  • Uso de material propagativo sadio;
  • Controle biológico da doença.

Para o controle biológico da murcha de Fusarium no café Conilon, ainda não há produtos disponíveis comercialmente. No entanto, o biocontrole também pode estar ocorrendo com seres que habitam naturalmente o solo.

Micro-organismos no controle da Murcha de Fusarium

Alguns micro-organismos presentes naturalmente no solo podem atuar como antagonistas aos patógenos, prejudicando o seu desenvolvimento. Tais antagonistas podem atuar como uma barreira protetora física das plantas, competindo por espaço e nutrientes, excretando substâncias antimicrobianas, alterando a composição dos exsudatos radiculares, etc.

O papel do microbioma (conjunto de micro-organismos no solo) no combate a doenças causadas pelo gênero Fusarium já foi descrito em pesquisas científicas, mas a presença dos que têm potencial de biocontrole é influenciada pelo manejo da área. Ou seja, nem sempre os organismos presentes em uma área podem estar atuando contra Fusarium spp no cafeeiro.

Como saber se há potencial de biocontrole na área?

Por meio do FullBio, a Biome4all faz o levantamento de todos os fungos e bactérias presentes no solo. Com isso, é possível usar a ferramenta Agri-Analysis, também desenvolvida pela Biome4all, para verificar a presença de seres que contribuem para a saúde do solo, assim como o papel deles na nutrição das plantas, na sustentabilidade da cultura e na biodiversidade.

Quer saber mais sobre a saúde do seu solo e como fortificar a primeira linha de defesa contra Fusarium spp. no cafeeiro? Entre em contato conosco!

Texto: Camilla Castellar, microbiologista Biome4all

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Conheça as formas de ação do Trichoderma na agricultura e como ele pode desencadear benefícios secundários no microbioma do solo.

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Muitos produtos biológicos geram resultados notáveis, mas a explicação do porquê permanece um desafio. O FB tratamento vem para mudar isso!

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

A microbiologia do solo, um vasto universo de microrganismos, desempenha um papel fundamental na produtividade agrícola.

Como podemos te ajudar?