Principais doenças do milho causadas por bactérias

Em uma postagem prévia nós conhecemos alguns dos fungos que causam doenças no milho. No entanto, os fungos não são os únicos patógenos destes vegetais. Algumas bactérias podem infectar o milho, causando doenças que são muito drásticas. Sendo assim, neste texto irei abordar algumas das principais doenças do milho de origem bacteriana.

Irei falar um pouco sobre os organismos que causam estas doenças, os seus sintomas e outras características de relevância para o profissional agrícola. Ao final, irei falar sobre algumas estratégias que podemos adotar no manejo das doenças bacterianas desta cultura.

Podridões causadas por bactérias

Algumas bactérias podem causar podridões no milho. Entre elas, as que pertencem ao gênero Erwinia se destacam. Estas podridões têm uma característica aquosa e possuem odores desagradáveis e afetam especificamente os colmos. Esta infecção tem como sintomas folhas murchas e secas. Também podemos observar lesões encharcadas na bainha das folhas, bem como o apodrecimento dos entrenós.

As podridões bacterianas prevalecem em condições de altas temperaturas e umidade. Por isso, uma das estratégias importantes de controle é o manejo hídrico do solo cultivado.

Os enfezamentos do milho

Outro exemplo de doença bacteriana do milho é o enfezamento. As bactérias que causam estas doenças se diferenciam das outras por não apresentar parede celular. Além disso, estas bactérias, que pertencem aos gêneros Spiroplasma e Phytoplasma, são transmitidas ao milho por cigarrinhas da espécie Dalbulus maidis.

Estes dois gêneros de bactérias causam dois tipos de enfezamentos. Phytoplasma causa o enfezamento vermelho. Ele se caracteriza pela clorose das margens das folhas do cartucho, que evolui para o avermelhamento das folhas inferiores. Nestas plantas ocorre uma maior produção de espigas, que, porém, contêm menos grãos.

Spiroplasma causa o enfezamento amarelo ou pálido. Ele se caracteriza pela clorose amarela, especialmente na base foliar. Ambos os tipos de enfezamento podem ocorrer simultaneamente.

A estria bacteriana, uma das principais doenças do milho

A bactéria Xanthomonas vasicola pv. vasculorum causa a estria bacteriana do milho. Ela se caracteriza por pequenos pontos que se tornam estrias alongadas entre as nervuras das folhas. Nas bordas, as lesões apresentam um aspecto ondulado, além de apresentar coloração marrom ou amarelada.

Como outras doenças, altas temperaturas e umidade favorecem a estria bacteriana. A contaminação de uma lavoura se dá pela dispersão passiva do patógeno, por correntes de ar ou água. Isto pode ocorrer, pois a bactéria sobrevive no solo, associada aos restos das culturas. Além disso, outras plantas podem servir de fonte do patógeno.

A análise genética do diagnóstico das principais doenças do milho

Uma parte importante do manejo de todas as doenças causadas por micro-organismos, incluindo aquelas associadas com bactérias, é o diagnóstico e detecção dos agentes etiológicos. As análises genéticas, como a Agri-Analysis da Biome4All, oferecem inúmeras vantagens para este diagnóstico, pois também permitem que os potenciais de controle biológico destas doenças sejam simultaneamente avaliados.

Além destas ferramentas, técnicas baseadas em PCR quantitativo, como as que formam o produto Biodetec da Biome4All, podem ser utilizadas para a detecção mais sensível, rápida e de forma quantitativa destes micro-organismos importantes para o cultivo do milho.

Marcus Adonai Castro da Silva, microbiologista e cofundador da Biome4All

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Benefícios do uso de Trichoderma na Agricultura

Conheça as formas de ação do Trichoderma na agricultura e como ele pode desencadear benefícios secundários no microbioma do solo.

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Explorando os Vantagens dos Produtos Biológicos com o FB Tratamento

Muitos produtos biológicos geram resultados notáveis, mas a explicação do porquê permanece um desafio. O FB tratamento vem para mudar isso!

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

Desvendando os Segredos da Produtividade Agrícola: O Papel Crucial da Microbiologia do Solo

A microbiologia do solo, um vasto universo de microrganismos, desempenha um papel fundamental na produtividade agrícola.

Dr. Estácio J Odisi

Dr. Estácio J Odisi

PhD em Biotecnologia e Biociências e co-fundador da B4A

Como podemos te ajudar?